sábado, 23 de julho de 2016


 

Onde fores eu Te seguirei!

 Fazes-me falta Senhor.

Fazes-me falta como a Família  onde encontro o meu refúgio, como os Amigos que gostam de mim e me apoiam, como o perfume das flores silvestres que me dá este sorriso, como a cor dourada dos campos do meu Alentejo, como o sol que me aquece o rosto e me dá energia, como os tons outonais onde descanso o meu olhar, como o luar onde elevo os meus sonhos, como o vento e a chuva que me dão serenidade…

Fazes-me falta Senhor, porque Tu me dás Vida.
Faltei ao “3º Encontro com Deus” que se realizou em Fátima nos dias 15 a 17 de Julho de 2016, da
responsabilidade dos Irmãozinhos de S. Francisco de Assis de Beja, mas não podia faltar á Adoração ao Santíssimo Sacramento, inserida no Encontro, na Capela da Morte de Jesus no Santuário de Fátima. E encontrei-me conTigo…

Várias centenas de pessoas juntaram-se a mim naquela que foi a Adoração mais emocionante que vivi. O branco das flores que enfeitava o altar, a simplicidade daquele lugar, Tu no meio de nós, fizeram-me viver momentos maravilhosos.
Há sempre um momento único e rico de emoção quando passas a abençoar-nos. Senti a tua mão afagar o meu rosto, o teu beijo a secar as minhas lágrimas, senti a força do Teu abraço.

O tema desta Adoração era, “Escolher o que não pode ser tirado”. E eu, que já era apaixonada por ti, ouvi-Te através dos Irmãozinhos como se estivesses a falar comigo, e só comigo.

No Evangelho de Domingo, segundo S. Lucas, Maria recebeu-te em casa da irmã, Marta, sentada a Teus pés a ouvir-Te.
Marta, pelo contrário, andava atarefada para te agradar. Assim estou eu Senhor, a querer ouvir-Te e a tentar agradar-Te. Será que conseguirei fazer a minha escolha de maneira a que nada me seja tirado? 
 
Fazes-me falta Senhor!             
Onde fores eu Te seguirei…

Aos meus queridos Irmãozinhos, agradeço de coração todas as alegrias, todos os momentos lindos que tenho vivido convosco, todas as emoções que têm enchido o meu coração e a minha vida. Que Deus vos abençoe.

      Ju                                              
 Queluz, 19 de Julho de 2016

Sem comentários: