sábado, 6 de setembro de 2014


Plano de meditação diária
 

Dia 6

Bem-aventurados os puros de coração,
porque verão a Deus

 

Meditação

Quando pensamos em “puros de coração”, pensamos geralmente nas crianças, ainda que a pureza não esteja ligada à idade de uma pessoa. Mas porque pensamos assim? A inocência que nasce connosco, perde-se aos poucos porque entramos num mundo onde nos educam e moldam para valores que não se coadunam com um coração puro. Vivemos num mundo cheio de crime e imoralidade que infelizmente muitas vezes são tidos como “normais”.
Mas o conhecimento das trevas permite-nos também saber distingui-las da luz, pelo que com oração e entrega a Deus é possível manter um coração puro. É certo que nem sempre seremos bem sucedidos e voltaremos a pecar, mas Deus perdoa sempre. De que forma podemos pedir perdão a Deus? Confessando-nos.
 

Oração

"O confessionário é o único tribunal onde nos declaramos culpados e saímos absolvidos.” Que significado tem para ti esta frase? Num papel escreve as ideias principais e reflete sobre elas. Terminada esta Meditação, procura um sacerdote e confessa-te de coração aberto.

 
 

Sem comentários: