sexta-feira, 11 de julho de 2014

Sou uma priveligiada

 
 
Todos os encontros que ao longo destes anos tenho tido com os Irmãozinhos são sempre muito importantes, fico serena e atenta, pois há sempre algo de novo para escutar. Algo a aprender, que devemos fazer pelos outros.
Através de Jesus captam a minha atenção, o que nem sempre é fácil como sabem! K,o silêncio para mim, por vezes é difícil….
Senti, senti, senti muito Amor... amor do Pai e amor por todos os que me rodearam, até senti amor por outros que ás vezes me provocam outro sentimentos (os irmãos difíceis), menos agradáveis. Senti mais amor ainda pelos amigos/familiares que não estiveram connosco neste retiro.
É claro que senti paz, calma, serenidade, mas o principal foi ter sentido Deus, foi ter-me encontrado com Ele no prado, olhar, falar e sentir…senti-me cheia de Deus, de amor, senti-O no meu coração, nos meus olhos, na minha boca…. senti!
Sou uma privilegiada, apesar de muito queixosa, afinal eu até consigo carregar a minha cruz... às vezes preciso de grandes empurrões! Mas como tenho Jesus e mais quatro anjinhos da guarda em Beja…lá a vou carregando.
Bem, a maior bênção que recebi neste retiro, foi de ter estado sozinha com Jesus de olhar e de sentir, como já referi. A outra, foi voltar a ter uma mãe! Há treze meses o meu paizinho partiu para o céu e eu fiquei com uma mãe triste e perdida. Jesus neste retiro devolveu-me uma mãe alegre, calma, tranquila e segura, até ralhou comigo! Senti que ela estava feliz, senti novamente a minha mãe.
Perante tudo isto, as palavras tornam-se vagas…Obrigada Jesus por me amares. J
Obrigada Irmão José Domingos,
Obrigada Irmão Domingos,
Obrigada Irmão Paulo,
Obrigada Irmão Ricardo,
PAZ e BEM!
Adoro-vos, apesar de só podermos Adorar a Deus!      

                                                                                                              Madalena Magro

Sem comentários: