sexta-feira, 9 de março de 2012

Convite à Mudança


Senhor Jesus, Pai Santo,
como é bom estarmos aqui diante de Ti.
A Tua presença entre nós, no Santíssimo Sacramento, é fonte de Paz, de alegria e de esperança.
Diante de Ti, Altíssimo, Omnipotente e bom Senhor, queremos louvar-Te,
Adorar-Te e bendizer-Te, por tantas maravilhas que fazes em nossas vidas.
Senhor Jesus, Pai Santo, nós nos curvamos diante da Tua presença.
Dá-nos a graça de perseverarmos na busca do Teu amor, na busca da Tua Palavra,
na busca da Tua Santidade.
Senhor Jesus, Pai Santo, nós te adoramos, porque Tu és a nossa luz,
porque Tu fazes arder o nosso coração com a Tua Palavra
 e a Tua presença no meio de nós.
Faz que fiquemos sempre contigo, participando do mistério eucarístico e que possamos
através da nossa vida, do nosso testemunho revelar-Te aos nossos irmãos.   
Hoje, nesta noite, como outrora aos discípulos Tu nos contemplas,
olhas nos olhos de cada um de nós e dizes: “Vinde a mim, vós todos que estais cansados e fatigados e
 eu vos aliviarei, vos darei conforto”.
Senhor Jesus, junto de Ti, buscamos o conforto para os nossos corações,
 a fortaleza para as nossas lutas, a esperança para as nossas provações.
Mas buscamos muito mais a força para cumprirmos com amor e alegria, em nosso dia-a-dia, a vontade do Pai.
Senhor Jesus, nosso Deus e nosso rei! Neste momento de Adoração, nesta noite Santa,
diante de Ti, queremos entregar-te as nossas famílias e tudo o que é nosso:
a nossa casa e todos os que nela habitam, os nossos bens, o nosso trabalho,
as nossas lutas e dificuldades, as nossas alegrias e esperanças!
Tudo  Te entregamos, Pai Santo, confiando no Teu amor e na Tua misericórdia.
Senhor com profunda fé, nos Te adoramos e louvamos, bendizendo o teu Amor e a tua misericórdia.
Fica connosco Senhor nesta noite e sempre.
Ámen.

2 comentários:

Dulce disse...

Rezei convosco...
Um abraço em Cristo

Anónimo disse...

Mais uma vez não existem palavras que possam testemunhar o que nós sentimos no nosso coração. O aconchego e a simpatia com que os irmãos nos recebem não tem explicação, só o nosso coração sente, parece que o coração vai dilatando e chega ao ponto que parece não caber no nosso peito, choramos, rimos, cantamos, silenciamos, desejamos que a oração não termine; sentimo-nos também no silêncio que parece que nos tornamos leves, enfim; saimos com uma alegria que a todos contagiamos..., só gostava que em todas as paróquias houvesse padres com o acolhimento e a doçura nas palavras como os irmãozinhos, tratam todos da mesma forma e nos ensinam a olhar o mundo ao geito de Francisco de Assis. Vocês são os nossos espelhos, sem vocês nada é igual, por onde passam, sente-se o AMOR, nos vossos olhares, nos sorrisos, gostamos MUITO de vós e dos jovens SHEMÁ também, parabéns!